Not support Recaptcha
Pular navegação

Dicas

4 dicas para conseguir ingressar em uma faculdade no exterior

08 de junho de 2022

Tags

  • Ensino Médio
  • estudar fora
  • faculdade no exterior
  • universidades internacionais

Estudar fora: 4 dicas para conseguir ingressar em uma faculdade no exterior

Estudar fora do Brasil é o desejo de muitos estudantes, pois essa é uma oportunidade de garantir uma formação de qualidade, ter novas experiências, conhecer lugares, aprender e praticar uma língua estrangeira. No entanto, ingressar em uma faculdade no exterior pode ser um desafio para alguns jovens que, por desconhecimento e até mesmo por falta de recursos financeiros, acabam desistindo desse objetivo, acreditando que essa conquista não é viável. 

Com organização, acesso à informação, planejamento, dedicação e tempo é possível dar um passo em direção a esse sonho, e estudar no exterior ficará mais perto do que você imagina. 

Portanto, tenha consciência de que esse será um plano a ser executado a médio ou longo prazo. Nesse percurso, todo investimento valerá a pena, pois estudar em uma instituição internacional pode alavancar o crescimento pessoal e coletivo ao longo da trajetória do(a) seu(sua) filho(a), além de ampliar o repertório cultural e desenvolver habilidades linguísticas, sociais etc.

Quer saber como ajudá-lo nessa empreitada? Continue a leitura. O Poliedro Colégio preparou este texto com quatro dicas para que vocês possam começar a se organizar para a conquista (juntos) desse sonho!

1- Se organize financeiramente para estudar fora

Se estudar fora do país é o propósito, entenda os meios que podem possibilitar essa concretização. Nesse sentido, é fundamental organizar-se financeiramente, levando em consideração alguns critérios nesse planejamento, como, por exemplo, qual a modalidade de intercâmbio e quais serão os gastos com deslocamento e documentação. 

Há várias modalidades de intercâmbio disponíveis: intercâmbio universitário (graduação), MBA, mestrado e doutorado, cursos de idiomas etc.

No caso dos estudantes que estão prestes ou até mesmo já terminaram o Ensino Médio, a faculdade no exterior é uma opção que pode se encaixar no perfil do estudante. Nessa categoria, o estudante pode conseguir bolsas integrais ou parciais e cursar toda graduação sem pagar nenhum tipo de mensalidade. Os benefícios variam de acordo com a instituição escolhida e, a maioria das instituições oferecem, segundo critérios específicos, oportunidades para estudantes estrangeiros. Em um outro post do nosso blog, damos dicas incríveis sobre como conseguir bolsas em universidades estrangeiras, confira mais sobre o assunto aqui

Mesmo que seu(sua) filho(a) seja contemplado pela bolsa, tenha em vista que sair do país terá custos, como passagens, exames, teste de proficiência, passaporte, dentre outras documentações exigidas para entrar no país no qual se pleiteia a vaga. Por isso, investigue os valores aproximados dessas exigências e comece uma reserva financeira para este fim. Se você precisar de ajuda para organizar-se melhor, considere contratar agências de intercâmbio especializadas para cuidarem de todos os trâmites burocráticos, mas, em contrapartida, elas cobram um preço fixo por essa prestação de serviço. 

2- Matricule o(a) seu(sua)  filho(a) em um curso de idiomas

A fluência em outra língua é fundamental para se estudar em instituições estrangeiras que não sejam lusófonas (países que têm o português como idioma oficial). Afinal, as faculdades exigem teste de proficiência do idioma. Com esse instrumento de avaliação, é possível comprovar que o estudante conseguirá se comunicar e compreender o conteúdo das aulas a serem ministradas.

Diante dessas exigências, invista desde cedo em cursos de inglês, já que esse é o idioma dos destinos que mais interessam aos estudantes, como também é o mais falado em muitos países. Caso o país de interesse do(a) seu(sua) filho(a) tenha outra língua oficial que não o inglês, busque por cursos que possibilitem uma experiência intensiva com o idioma.

3- Incentive a participação em atividades extracurriculares 

Muitas instituições estrangeiras, no momento da aplicação, valorizam a trajetória do estudante, não somente o desempenho acadêmico; ou seja, além das notas curriculares, valorizam-se os interesses e as aptidões individuais, os talentos, a autonomia e a capacidade de liderança. 

Uma boa forma de demonstrar tudo isso é engajar-se em atividades extracurriculares. Elas podem ser de natureza esportiva, cultural, científica ou social, o importante é que, por meio delas, o estudante consiga evidenciar suas maiores qualidades. Dessa forma, pesquise com o seu filho atividades que sejam do interesse dele e o incentive a participar. 

Leia mais em: 4 atividades importantes para o ingresso em universidades estrangeiras 

4- Visite feiras especializadas no assunto

Anualmente, o Salão do Estudante – maior feira de intercâmbio da América Latina – promove eventos em diversas capitais brasileiras, voltados àqueles que desejam estudar fora do país. Nesse evento, você poderá conhecer os sistemas educacionais de diversos países, como os da Austrália, do Canadá, dos Estados Unidos, da Holanda, de Portugal e do Reino Unido; obter informações sobre formas de ingresso, bolsas e custo médio de acordo com a modalidade de estudo escolhida.

A feira reúne mais de 100 expositores de 13 países que apresentam várias opções de cursos tanto para os que têm intenção de cursar uma graduação ou até mesmo estudar inglês fora do Brasil. Além disso, essa é uma ótima oportunidade para ter contato com empresas de intercâmbio que facilitam os trâmites burocráticos da viagem. 

Onde o evento acontece?

O Salão é itinerante e já tem programação agendada, neste ano, em várias capitais do país. Os encontros acontecerão em outubro, de acordo com o roteiro: 

  • Rio de Janeiro (11 e 13/10);
  • São Paulo (15 e 16/10);
  • Brasília (18/10);
  • Curitiba (20/10);
  • Belo Horizonte (22/10);
  • Salvador (24/10).

Para participar, basta registrar-se no site oficial da feira, escolher o dia e o local do evento e, pronto, sua vaga estará garantida. Saiba mais detalhes aqui!

Dica extra: Conheça programas que facilitam o ingresso em faculdades no exterior. 

vários programas que orientam, dão suporte e facilitam o acesso dos estudantes às informações sobre o ingresso em universidades estrangeiras. Esses programas são considerados como estratégias que fazem a diferença para os que desejam começar a se preparar para essa empreitada. 

A Orientação Educacional do Poliedro Colégio elaborou um processo que envolve a construção de um plano de ação para ajudar os estudantes a conquistarem sua vaga em uma universidade estrangeira.

Somente em 2022, estudantes do Poliedro Colégio conquistaram 40 aprovações em diversas universidades estrangeiras, dentre elas a Babson College (maior e mais conhecida faculdade de empreendedorismo do mundo), a University of Toronto (Top 20 do mundo) e a Haverford College (Top 16 dos EUA), todas com bolsas integrais!

Como forma de ampliar o interesse e a confiança sobre as possibilidades de educação no exterior, o Poliedro Colégio possui parcerias com muitos desses programas, como o “Daqui para fora”; Goethe-Institut; College Board e Education USA. Aqui, desde cedo, são apresentadas ao nosso público estudantil opções de formação nas melhores instituições nacionais e internacionais. 

Conheça mais sobre as nossas parcerias internacionais e entenda como o Poliedro Colégio pode ser a sua porta de entrada para o mundo!

Siga o Colégio Poliedro
nas redes sociais.

O que podemos fazer
pelo seu futuro?

Notícias relacionadas

Assine nossa newsletter