Not support Recaptcha
Pular navegação

Ensino Médio

Vale a pena mudar de escola no Ensino Médio?

05 de janeiro de 2022

Tags

  • Ensino Médio
  • Poliedro Colégio
  • rotina de estudos, ensino médio, performance de alunos

Vale a pena mudar de escola no Ensino Médio?

Assim que ingressam no Ensino Médio, muitos estudantes, em consenso familiar, optam por trocar de escola visando, na maioria das vezes, a um ensino mais direcionado para o vestibular.  

Muitas questões devem ser avaliadas atentamente para se chegar à melhor decisão, de forma que o jovem não seja prejudicado.

Existem alguns fatores a serem considerados no processo de escolha de uma nova escola, como o período de adaptação de uma metodologia, integração com os novos colegas e os caminhos que o adolescente pretende trilhar.

Neste artigo, colocamos em destaque os pontos a serem avaliados para uma mudança escolar durante o Ensino Médio. 

Finalidades  e mudanças na vida do estudante

Estudar na mesma instituição por muito tempo cria no jovem um sentimento de pertencimento com a comunidade escolar, além de já ter familiaridade com a rotina de estudos. As amizades, a história do estudante na escola e os professores da instituição são fatores que geram conforto e segurança.

Por isso, é comum as famílias terem dúvidas sobre o que será melhor para os estudos direcionados ao vestibular: permanecer na escola onde o estudante já está adaptado ou buscar uma instituição que tenha um ensino mais direcionado para essa etapa? 

Mesmo que seja natural para os jovens estudantes se adaptarem aos diferentes tipos de ambientes e às mudanças repentinas que lhe acontecem, o tempo para que isso ocorra varia muito de uma pessoa para outra, principalmente nos casos em que é necessário se adaptar a uma nova escola ou a uma nova metodologia. 

Essa situação é muito comum nas transições entre uma instituição menor para uma outra maior. Para se chegar a uma resposta satisfatória, é preciso atentar para os objetivos e para os desejos do estudante. 

Perguntas como “O que eu gostaria de fazer ao final do Ensino Médio?”, “Como será o impacto emocional para lidar com esta mudança?” e “Eu estou disposto a encarar um novo processo de integração em uma nova instituição de ensino?” são essenciais e devem ser feitas tanto pelos pais quanto pelo estudante. 

Leia também: 8 dicas para ajudar o seu filho a criar um plano de estudo no Ensino Médio

Características da escola nova

No processo de escolha em relação à mudança de escola, os prós e os contras têm que ser avaliados minuciosamente. Por isso, é preciso colocar na balança as características da escola, para que a mudança valha a pena. Veja abaixo alguns pontos que podem ser analisados:

Resultados da escola

As escolas com foco em vestibular tendem a obter melhores resultados e grande números de aprovações. Claro que, apesar de ser um bom indicador, não deve ser o único a ser considerado. 

Acompanhamento do estudante

A escola deve olhar o jovem individualmente, principalmente os vindos de outras instituições. Um programa de acolhimento e de acompanhamento, no qual sejam identificados os desafios e dificuldades acadêmicas, gera uma conexão maior e facilita o processo de mudança. 

Metodologia de ensino

Às vezes, algumas instituições possuem metodologias específicas e próprias, enquanto as escolas com uma educação mais direcionada para vestibulares e concursos possuem um sistema educacional mais dinâmico, mais direcionado para esse tipo de prova. 

Se o objetivo da mudança de escola for mesmo uma preparação para o vestibular, é legal verificar se a institição investe na aplicação de simulados durante o ano letivo, pois, além de reforçar os conteúdos estudados e cobrados nos concursos, tal prática introduz o jovem ao modelo de prova dos vestibulares.

Outro ponto relevante é analisar se a instituição possui uma boa metodologia em relação à correção das redações e se há plantões de dúvidas sempre disponíveis aos estudantes. Esses recursos facilitam e direcionam, com maior precisão, o objetivo de estudos.

Turmas especiais 

Alguns estudantes já estão determinados a seguir carreiras concorridas, como nas áreas de Medicina ou Engenharia; outros têm o objetivo de passar no vestibular diretamente, sem a necessidade de fazer um curso pré-vestibular. 

O Poliedro Colégio possui turmas especiais, pensadas em cada perfil de estudante, ou seja, atende aqueles que desejam prestar vestibular para as áreas concorridas e os que desejam ingressar no vestibular logo após o ensino médio.  

Envolva o estudante na escolha

Para essa mudança dar certo, é preciso que pais, responsáveis e adolescentes estejam de comum acordo, pois, se o jovem não fizer parte da decisão tomada, pode não aceitá-la. Esse fator, além de complicar a transição de escola, afetará seus estudos. A compreensão e o diálogo são sempre as melhores soluções para, em conjunto, resolver esse tipo de questão.

Agora que você já sabe como fazer e o que considerar para mudar seu filho de colégio no Ensino Médio, é hora de pesquisar as instituições de ensino que atendam aos critérios que a sua família deseja.

O Poliedro Colégio pode ser seu parceiro nesta mudança. Veja aqui a unidade próxima de você.

Siga o Colégio Poliedro
nas redes sociais.

O que podemos fazer
pelo seu futuro?

Assine nossa newsletter